Taxista

Perguntas Frequentes

O SERVIÇO

  • O SPTaxi é o aplicativo oficial de táxi da Prefeitura de São Paulo. Para o taxista, uma das vantagens é que a taxa do programa é menor do que a praticada no mercado, o que garante ao profissional a possibilidade de aumentar o valor dos descontos dados aos passageiros e, com isso, conseguir fazer mais corridas. Além disso, a Prefeitura de São Paulo terá acesso às notas dadas pelos passageiros aos motoristas de táxi. Esse ranking será usado para premiar os melhores colocados. Uma das formas de premiar é dar prioridade em bolsões de táxi em grandes eventos como em jogos de futebol, shows etc.

  • Qualquer taxista da cidade de São Paulo que esteja em dia com o alvará do táxi e com o Condutax (Cadastro Municipal dos Condutores de Táxi).

  • Por enquanto, não. Neste primeiro momento, a prefeitura não cobrará nenhuma taxa dos taxistas. Futuramente será cobrado um pequeno valor, para a manutenção dos equipamentos, infraestrutura e equipe.

  • O valor dessa taxa será definido depois de uma avaliação de todo o sistema e sua manutenção.

  • Os descontos disponíveis no aplicativo são de até 40%. Vale a pena lembrar que, quanto maior for o desconto, mais chances de fazer mais corridas.

  • Neste primeiro momento não haverá o pagamento pelo aplicativo. Por enquanto, o pagamento deve ser feito diretamente ao taxista, podendo ser em dinheiro, cartão de crédito ou débito. A disponibilização de máquina de cartão é obrigatória em São Paulo.

  • Nesse caso, o valor a pagar deverá ser calculado aplicando o desconto aceito no pedido da corrida sobre o valor do taxímetro.


  • COMO ADERIR AO PROGRAMA

  • A sua participação no serviço SPTaxi é voluntária. Quem estiver inscrito estará habilitado a receber pedidos de corrida no SPTaxi, desde que esteja em dia com todas as suas obrigações regulamentares com o DTP e cumpra os itens do Termos de Uso.

  • Sim. Para aderir ao programa SPTaxi é necessário estar em ordem com a documentação do táxi (alvará), com as documentações do motorista (Condutax) e cadastrado no programa, o que pode ser feito no site ou no aplicativo do SPTaxi Taxista.

  • Sim. É necessário um celular com acesso a dados de Internet e sistema operacional Android 5.0 ou superior para acessar o serviço do SPTaxi (Taxistas e Passageiros). Em breve o serviço para iOS estará disponível para o passageiro.

  • Não. Todos os táxis de São Paulo já passam por vistorias anuais e estão certificados para circular pela cidade, além de todos os motoristas serem também certificados. Não existe nenhuma exigência especifica para fazer parte do SPTaxi.


  • INSTALAÇÃO DO APLICATIVO

  • Procure pelo aplicativo "SPTaxi Taxista" na loja do Google (Google Play) e instale no seu celular.

  • É a senha que foi criada por você para acessar o sistema, durante o processo de adesão ao SPTaxi.

  • Na tela de “Livre”, deslize o botão para a posição “Ocupado”. Nessa tela, você define qual é o desconto máximo que você quer oferecer aos passageiros. Quando você escolhe 30%, por exemplo, você irá receber corridas nas faixas de desconto de até 30%. Ou seja: Zero, 10%, 20% e 30%. Esta alteração do desconto se refletirá em novas corridas somente quando você voltar para a tela “Livre”, deslizando o botão “Ocupado” para a esquerda.

  • Quando você aceita um pedido, pode ser que outros taxistas também tenham aceitado esse pedido ao mesmo tempo. Nesse caso, você entra numa disputa com esses outros taxistas. Em poucos segundos, o sistema calcula quem está mais próximo e está oferecendo desconto maior (no caso de o cliente fazer a opção de obter desconto) e então a corrida será confirmada. Se você for o único taxista a aceitar o pedido, a corrida será confirmada diretamente para você.

  • Recusas repetidas poderão ser consideradas como uso inadequado do aplicativo e o SPTaxi se reserva ao direito de tomar as medidas cabíveis, incluindo punições, suspensões ou expulsão do serviço.

  • Sim, o taxista pode cancelar uma corrida ainda não iniciada. Mas esse recurso só deve ser usado em último caso, como, por exemplo, quando não se localiza o passageiro ou quando é impossível chegar ao local de origem da corrida. De qualquer forma, a recomendação é entrar em contato com o passageiro o quanto antes. Em todos os outros casos o cancelamento traz uma frustração para o passageiro, que já estava contando que havia um táxi a caminho e terá que fazer uma nova solicitação para ser atendido.

  • Não existe esse recurso no aplicativo. Em caso de interrupção do aplicativo por qualquer motivo, a corrida deverá continuar.


  • INICIANDO A CORRIDA

  • Somente inicie a corrida quando o passageiro tiver embarcado.

  • • O taxista chega ao local de origem da corrida e identifica o passageiro que pediu o táxi;
    • O passageiro identifica o taxista e o veículo que recebeu em sua confirmação da corrida pelo aplicativo e embarca no táxi;
    • O taxista inicia a corrida no aplicativo e somente então visualiza o destino que foi pedido pelo passageiro;
    • O taxista inicia o percurso.

  • Neste caso, pergunte o destino ao passageiro. O taxista pode então se dirigir ao destino normalmente ou, de preferência, inserir o destino no aplicativo, para que uma rota otimizada seja traçada, e assim poder usar um aplicativo de navegação, como o Waze.

  • É obrigatório o acionamento do taxímetro físico, na bandeira vigente no horário (lembrando que a Bandeira 2 é opcional), durante todo o trajeto desde o embarque até a finalização da corrida. Quando terminar a corrida, o valor do taxímetro deverá ser digitado no celular do taxista. Aparecerá o valor a ser pago para o passageiro, com os descontos, se houver.

  • O trajeto sugerido pelo mapa traça uma rota entre o ponto de origem e o local de destino, ambos informados pelo passageiro. O valor da corrida estimado, que é informado para o passageiro, considera esse trajeto. Vale o mesmo com o tempo estimado para a corrida, considerando já as informações de tráfego mais atuais. Se for fazer outro trajeto, é importante combinar isso com o passageiro, que está contando com o valor e tempo estimados para essa corrida. Além disso, o passageiro também vê o trajeto sugerido em seu aplicativo e vai saber se o trajeto realizado for diferente, podendo influenciar na sua avaliação da corrida e gerar uma reclamação.

  • O taxista tem a opção de trocar o destino da corrida em seu aplicativo. Não é obrigatório, mas é recomendado, pois o passageiro pode ver o novo trajeto no aplicativo do celular dele e acompanhar a corrida. Isso dá mais confiança para o passageiro e mais transparência no seu atendimento, podendo melhorar a avaliação da sua corrida. Mesmo se você não trocar o destino no seu aplicativo, a tarifação será sempre em cima do trajeto efetivamente percorrido (taxímetro).

  • Finalize a corrida normalmente, no local onde o passageiro efetivamente desembarcar. O cálculo do valor a pagar sempre será em cima do trajeto percorrido. Coloque a informação do taxímetro no celular. Ele irá calcular o valor final com os descontos, se houver.

  • O aplicativo deverá reabrir no ponto em que estava antes de ser encerrado. Por exemplo, se o aplicativo estava na posição “Ocupado”, deverá reabrir nessa posição. Se você estava em meio a uma corrida, o aplicativo irá recuperar o estágio da corrida em que você estava antes de o aplicativo fechar e em seguida atualizar a posição. Para garantir que isso aconteça, verifique se a sua conexão de dados e GPS estão habilitados e funcionando normalmente.


  • CONCLUINDO A CORRIDA

  • Sim. Sempre finalize a corrida de maneira visível para o passageiro. Essa transparência é essencial para uma boa avaliação.

  • O valor é calculado aplicando o desconto percentual em cima do total da corrida, que é a soma da bandeirada, do trajeto percorrido de acordo com a bandeira vigente e do tempo parado. O desconto será sempre aquele que foi aceito por ambas as partes no momento do pedido de corrida. O cálculo do valor final será aquele indicado pelo taxista, de acordo com o taxímetro, mais o desconto calculado pelo aplicativo.

  • Se o valor a pagar, depois de aplicado o desconto, ficar abaixo do valor da bandeirada, o valor mínimo da corrida será o valor da bandeirada. Isso poderá ocorrer em trajetos curtos.

  • Sim. O taxista decide se quer fazer corrida na opção sem desconto e também quanto vai oferecer.

  • Não dar o desconto solicitado no pedido de corrida e cobrar qualquer outro valor está em desacordo com os Termos de Uso do SPTaxi. Se o passageiro fizer essa reclamação, o taxista está sujeito a ser imediatamente desligado do programa.


  • AVALIAÇÃO

  • Ao final de cada corrida, o passageiro dará uma nota ao taxista pelo aplicativo. Esses dados serão avaliados pela Prefeitura.

  • Sim. Se houver reclamações recorrentes, a Prefeitura de São Paulo poderá tomar as medidas necessárias, conforme descritas nos Termos de Uso.

  • A avaliação do passageiro será utilizada pelo SPTaxi para reconhecer e incentivar os profissionais que buscam um padrão de qualidade na prestação do seu serviço. Os mecanismos de incentivo mais relevantes serão devidamente comunicados para que você possa obter o melhor reconhecimento pelo seu bom trabalho.

  • Não. Para garantir a efetividade das avaliações, é preciso que sejam anônimas. No entanto, se alguma ocorrência mais grave for comunicada por um passageiro, poderemos entrar em contato para esclarecer casos específicos.

  • Todo taxista começa com uma avaliação de 5 estrelas. Atualmente as avaliações do taxista feitas pelos passageiros são acumuladas como média simples (aritmética) e a sua nota é atualizada periodicamente no seu aplicativo. O sistema de avaliação será continuamente aprimorado, para valorizar os taxistas que prestam o melhor serviço e também para eliminar eventuais distorções. No entanto, as alterações mais relevantes serão devidamente comunicadas para que o taxista possa buscar sua melhor avaliação.

  • O sistema de avaliação será gradualmente implementado, tendo como objetivo estimular os taxistas a prestarem o melhor serviço. O sistema de avaliação, junto com indicadores de desempenho no serviço e outros indicadores dos órgãos reguladores poderão ser usados para avaliar e criar mecanismos de incentivo para que o conjunto dos taxistas preste o melhor serviço. Caso ocorram infrações às regras que regem o serviço de táxi e à legislação, poderá haver suspensões ou mesmo expulsões do serviço.

  • O SPTaxi tem como objetivo garantir e estimular a qualidade do conjunto do serviço para a população. Nos casos em que se verificar a necessidade de sanções para garantir a qualidade do serviço prestado, poderá haver suspensões ou mesmo expulsões do programa, a critério exclusivo do SPTaxi.